Lula presta solidariedade a Ewbank, Gagliasso e filhos: "Vamos construir um mundo sem racismo"

"Nenhuma mãe ou pai merece ver seus filhos sendo vítimas de xingamentos racistas", escreveu o ex-presidente

www.brasil247.com - Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Reuters / Ton Molina)


247 - O ex-presidente Lula (PT) manifestou-se em solidariedade à atriz Giovanna Ewbank, ao ator Bruno Gagliasso e a seus filhos Bless e Chissomo, que foram vítimas de racismo por uma mulher em Portugal.

"Nenhuma mãe ou pai merece ver seus filhos sendo vítimas de xingamentos racistas. Minha solidariedade a Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso, sua família e também aos turistas angolanos que sofreram ataques racistas ontem", escreveu Lula em seu Twitter.

De acordo com a assessoria do casal, "uma mulher branca, que passava na frente do restaurante Clássico Beach Club, xingou, deliberadamente, não só Títi (Chissomo) e Bless, mas também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local - cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais “pretos imundos”.

O presidenciável petista também prestou solidariedade aos turistas angolanos que sofreram ataques racistas e complementou: "Vamos construir um mundo sem racismo."

Após a divulgação do caso, o casal de atores e seus filhos receberam uma onda de carinho e apoio nas redes sociais.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email