Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso recebem corrente de apoio após seus filhos sofrerem ataque racista em Portugal

Assessoria do casal publicou nota sobre as agressões; Veja a repercussão

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - Após vir à tona a situação de racismo em um restaurante na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado (30), envolvendo ataques contra os filhos do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, uma rede de solidariedade se formou nas redes com mensagens de apoio ao casal.

 A mulher, que não teve a identidade revelada, agrediu verbalmente Bless e Titi, seus filhos com Bruno Gagliasso, assim como uma família de turistas angolanos que estava no local, cerca de 15 pessoas.

Em nota, a assessoria de imprensa de Ewbank relatou que a criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e "voltassem para a África", entre outras xingamentos às crianças, tais quais “pretos imundos”.

Em vídeos que circulam nas redes sociais, Giovanna reage aos ataques e discute com a mulher enquanto Bruno chamava a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa. 

"Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa", informou a assessoria.

Veja a repercussão:

 

 

 

 

 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email