Olívio Dutra previu o que faria a Ford há mais de 20 anos

Na época governador do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra (PT) fez uma espécie de profecia ao justificar o fim do contrato com a Ford no estado alegando que “essa empresa quer incentivos fiscais que as nossas não têm. O dia que achar que o Brasil não serve mais, vai embora e não dá nem tchau”

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Mais de vinte anos, após acabar com contrato com a Ford no Rio Grande do Sul, o ex-governador Olívio Dutra (PT) disse, como justificativa na época, que “essa empresa quer incentivos fiscais que as nossas não têm. O dia que achar que o Brasil não serve mais, vai embora e não dá nem tchau”.

A empresa norte-americana anunciou nesta segunda-feira, 11, que irá fechar todas as suas fábricas no país

A empresa norte-americana, que recebeu R$ 20 bilhões em incentivos fiscais desde 1999, anunciou o fechamento das fábricas em Camaçari (BA), Taubaté (SP) e Horizonte (CE).

No país, serão mantidas apenas as operações do Centro de Desenvolvimento de Produto, na Bahia, o Campo de Provas, em Tatuí, no interior de São Paulo, além da sede regional localizada na capital.

Os veículos da marca vendidos no Brasil de agora em diante serão importados da Argentina, Uruguai, e de outras regiões fora da América do Sul. Assim que os estoques forem esgotados, não serão mais comercializados a EcoSport, Ka e Troller T4.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email