Queimadas no Pantanal cresceram 2.025% em outubro, diz Inpe

Área queimada alcança 18.138 Km², equivalente a 15 vezes o tamanho da cidade do Rio de Janeiro. Aumento das queimadas vem na esteira dos incêndios que devastaram a Amazônia em agosto e resultaram em uma crise internacional

(Foto: REUTERS/Ricardo Moraes)

247 - O número de queimadas no Pantanal cresceu 2.025% em outubro sobre o mesmo mês do ano passado, conforme dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em todo o ano, a área queimada alcança 18.138 Km², equivalente a 15 vezes o tamanho da cidade do Rio de Janeiro. Aumento no número de queimadas vem na esteira dos incêndios que devastaram a Amazônia em agosto e resultaram em uma crise internacional

De acordo com reportagem do jornal O Globo, as queimadas registradas em agosto no Pantanal representam um número 586% maior que o apontado em todo o ano passado. Segundo o Inpe, foram registrados 2.430 focos de incêndio, maior número para o período em 17 anos. 

Além do clima seco, os incêndios se espalharam devido a abertura de novas áreas para pastagens, a exemplo do que aconteceu na Amazônia. Neste mês, Jair Bolsonaro revogou um decreto que impedia a expansão da cultura da cana-de-açúcar em zonas e ecossistemas considerados sensíveis, como o Pantanal e a Amazônia, o que elevou o temor de que os ruralistas ampliem as queimadas como forma de abrir espaço para a cultura canavieira 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247