Na Espanha, Lula encontra-se com o presidente do governo, Pedro Sánchez, e líderes políticos, empresariais e sindicais

Giro de Lula pela Europa termina na Espanha com uma agenda consagradora e reafirma seu papel de porta-voz de fato do Brasil no exterior; ele encontra-se nesta sexta-feira com o presidente do governo espanhol

www.brasil247.com - Lula e Pedro Sánchez
Lula e Pedro Sánchez (Foto: Ricardo Stuckert | Reuters)


247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reúne-se nesta sexta-feira (19) com o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, no Palácio da Moncloa, em Madri.A Espanha é o último dos quatro países visitados pelo ex-presidente, que cumpriu este mês agenda na Alemanha, Bélgica e França. 

Nesta quarta, Lula esteve por mais de uma hora com o presidente francês, Emmanuel Macron e definiu uma agenda comum de luta contra a pobreza, as desiguldades, em defesa do clima, da democracia e da multipolaridade. Na Alemanha, Lula reuniu-se dia 13 com o vice-chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, que deve substituir Angela Merkel como primeiro-ministro.

O encontro com Pedro Sánchez acontece no Palácio da Moncloa, sede da presidência do governo e residência oficial do primeiro-ministro da Espanha, nesta sexta às 9h (horário local – 5h no Brasil). 

Nesta quinta-feira, Lula participa do seminário “Cooperação multilateral e recuperação regional pós-Covid-19”, promovida pelo CAF (Common Action Forum), na Casa América. O ex-primeiro-ministro espanhol José Luis Rodríguez Zapatero, com quem Lula já se encontrou no Parlamento Europeu no início da semana, também participa do evento.

O ex-presidente terá ainda um encontro com a secretária-geral da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), Rebeca Grynspan. A economista, ex-vice-presidente da Costa Rica, é uma reconhecida defensora da redução da pobreza, da igualdade de gênero e da cooperação Sul-Sul como ferramenta para o desenvolvimento sustentável. Grynspan é a primeira mulher centro-americana a liderar a UNCTAD, braço da ONU para o apoio e integração dos países em desenvolvimento.

Lula também terá encontros com os trabalhadores espanhóis, representados pela confederações sindicais CCOO (Confederación Sindical de Comisiones Obreras) e UGT (Unión General de Trabajadores).

Veja:

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email