Dino critica obsessão de Bolsonaro com cloroquina: "perde tempo e energia"

O governador do Maranhão, Flávio Dino, considera que a insistência do ocupante do Planalto no debate do uso da medicação cloroquina "é mais um erro de Bolsonaro". "Sem saber o que fazer, Bolsonaro perde tempo e energia", diz ele

Jair Bolsonaro e Flávio Dino
Jair Bolsonaro e Flávio Dino (Foto: PR | LULA MARQUES)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governador do Maranhão, Flávio Dino, considera que a insistência do ocupante do Planalto  no debate do uso da medicação cloroquina "é mais um erro de Bolsonaro". "Sem saber o que fazer, Bolsonaro perde tempo e energia", diz ele. 

Numa sequência de três tweets na manhã desta quarta-feira (8), Jair Bolsonaro voltou a seu tema obsessivo das últimas semanas: a propaganda da cloroquina como solução mágica para a pandemia do coronavírus. Nos tweets, ele atacou o infectologista David Uip, coordenador de crise do coronavírus no Estado de São Paulo,  e o cardilogista Roberto Kalil. Segundo Bolsonaro, eles teriam se curado da infeccção com o uso da cloroquina mas se recusariam a revelar. 

As postagens foram feitas às 8h, uma hora antes de sua reunião com o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, no Palácio do Planalto. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email