Boulos rebate ataques da campanha de Covas: “bateu um certo desespero”

O candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo fez críticas à campanha de seu oponente no segundo turno, Bruno Covas (PSDB), que, segundo ele, promove um discurso de ódio

Guilherme Boulos e Bruno Covas
Guilherme Boulos e Bruno Covas (Foto: Reprodução/TV Globo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em ato de agenda nesta quarta-feira (18), o candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, criticou os ataques que vêm recebendo da campanha de seu adversário no segundo turno, Bruno Covas (PSDB). Boulos vê “um certo desespero” diante de seu crescimento nas pesquisas. 

As informações foram reportadas no Uol.

“Uma coisa que me deixou surpreso no início desse segundo turno é a raiva da campanha do Bruno Covas”, disse Boulos, em referência aos comentários de um aliado de Covas, Ricardo Tripoli (PSDB). 

Tripoli, que é ex-deputado federal, disse em um evento de campanha no Sindicato Nacional dos Aposentados que Boulos “mata a mãe para ir ao baile de órfãos para poder entrar”. Em outras palavras, por ter deixado de morar com sua mãe para viver com membros dos movimentos sociais, Boulos seria “agressivo”: “Imagine a agressividade que esse sujeito tem”, disse. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247