Rio adotará redução do intervalo entre doses da Pfizer para 21 dias

O secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe, disse que a medida deve ser autorizada assim que o Ministério da Saúde definir a redução entre as doses do imunizante de 3 meses para 21 dias, conforme previsto na bula

(Foto: REUTERS/Charles Platiau)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O secretário estadual de Saúde do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe, afirmou que o território fluminense implementará a redução do intervalo entre as aplicações da vacina da Pfizer de 3 meses para 21 dias assim que o Ministério da Saúde definir a medida. 

Nesta segunda-feira (26), a pasta anunciou tal redução, conforme previsto na bula do imunizante. O intervalo maior foi adotado como forma de ampliar a campanha de imunização diante da escassez de vacinas. 

"Havendo doses em estoque, não tem porque armazenar", disse Chieppe, em entrevista à CNN Brasil.

PUBLICIDADE

Autoridades do Rio de Janeiro já recomendaram a redução do intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina da AstraZeneca de 12 para 8 semanas. No entanto, Chieppe afirmou que não é possível precisar quantos municípios acataram a orientação. 

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email