América latina global

Partido de Pedro Castillo, Perú Libre rompe com governo peruano

A formação do novo gabinete ministerial após a renúncia de Guido Bellido foi vista com uma traição de Pedro Castillo, numa guinada para a direita. Comunicado do Perú Libre anuncia que há a intenção de criação de partido próprio no entorno do atual presidente

(Foto: reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O partido Perú Libre, do qual faz parte o presidente peruano, Pedro Castillo, anunciou, em nota, nesta quinta-feira , 14, que não dará voto de confiança ao novo gabinete de ministros do governo, formado após a renúncia forçada do ex-chefe do gabinete de ministros, Guido Bellido (Perú Libre).

A renúncia de Bellido, mesmo após o gabinete de ministros ter sido aprovado pelo parlamento peruano, após uma série de crises, e a formação de um novo ministério no governo de Castillo foram vistas como traição do atual presidente, em uma guinada à direita.

Guinada à direita

O líder da legenda, Vladimir Cerrón, afirmou em comunicado oficial do partido que "existe uma indisfarçável guinada política do governo e do gabinete rumo ao centro-direitismo", destacando que "a atual composição tem partidos sem registro, sustentados por ONGs americanas, que co-governaram com os últimos quatro governos e agora, com esse atual".

O Perú Libre ainda criticou a nomeação de ministras do próprio partido - Betsy Chávez (Trabalho) e Dina Boluarte (Desenvolvimento e Inclusão Social), que não seriam representantes do grupo político; apenas decisões individuais, de tipo oportunista.

PUBLICIDADE

Novo partido

Segundo o comunicado, há a intenção de criação de partido próprio no entorno de Castillo. Por isso, a nota chama todos os parlamentares que são filiados ao Perú Libre a recompor a bancada da legenda no Congresso

“Entre os 37 parlamentares eleitos pelo Perú Libre, cerca de 13 têm vínculos mais próximos com Castillo do que com Cerrón, o que indica a formação de um grupo parlamentar independente”, informa a agência de notícias EFE.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email