MP do Ceará investiga shows de Gusttavo Lima, Xand Avião e outros cantores

O MP investiga a contratação de Gusttavo Lima por R$ 640 mil para um evento em Iguatu e a de Wesley Safadão por R$ 600 mil para as festividades juninas em Acopiara

www.brasil247.com - Guattavo Lima
Guattavo Lima (Foto: Reprodução/Instagram)


247 - O Ministério Público do Ceará (MP-CE) investiga shows dos artistas Gusttavo Lima, Wesley Safadão, Xand Avião, Ávine Vinny e Nattanzinho, em três cidades do estado. O MP investiga a contratação de Gusttavo Lima por R$ 640 mil para um evento em Iguatu no próximo dia 15 e a de Wesley Safadão por R$ 600 mil para as festividades juninas da Acopiara.

Xand Avião, Ávine Vinny e Nattanzinho foram contratados para o Festival de Quadrilhas de Forquilha. A informação foi publicada nesta sexta-feira (10) pelo jornal Folha de S.Paulo.

No Rio, o MP investiga se houve irregularidades na contratação de Gusttavo Lima para um show em Magé, a 100 quilômetros da capital fluminense, por R$ 1 milhão.

Em Roraima, investigadores apuram um contrato no valor de R$ 800 mil para uma apresentação do cantor. Em Minas Gerais, é investigado um contrato de R$ 1,2 milhão.

Wesley Safadão teve um show cancelado em Alagoas, onde receberia cerca de R$ 600, mas a juíza Juliana Batistela fixou as contratações das festas de São João de Viçosa ao limite de R$ 20 mil por artista.

No Rio Grande do Norte, o MP acionou a Justiça, por meio de uma ação civil pública, para a suspensão de shows dos cantores Wesley Safadão e Xand Avião como parte da programação do Mossoró Cidade Junina 2022, evento deste mês de junho. Promotores determionaram o bloqueio judicial dos valores que seriam pagos aos artistas nas contas da prefeitura.

Shows investigados em mais de 30 municípios do Brasil.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email