Tico Santa Cruz sobre ameaça de processo pela música 'Micheque': “soa como intimidação”

Líder da banda Detonautas e autor da música ‘Micheque’, Tico Santa Cruz diz que ameaça de ação pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro, é um flerte com a censura. “Ela deveria cobrar do presidente uma explicação, para que deixe de ser o alvo, não cobrar de quem pergunta”

Tico Santa Cruz
Tico Santa Cruz (Foto: Lula Marques - Agência PT)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O roqueiro Tico Santa Cruz, dos Detonautas, banda que lançou a música ‘Micheque’, cuja letra questiona sobre o cheque de R$ 89 mil depositado na conta da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, por Fabrício Queiroz, ex-assessor da família Bolsonaro, diz que a ameaça de processo por parte de Michelle flerta com a censura.

“Uma coisa é pegar um texto que contém calúnia, difamação, injúria, algo reprovável, que de fato gera constrangimento, e entrar com uma ação. Outra coisa é pegar uma manifestação que não tem nenhuma dessas conotações e processar. Soa como intimidação”, diz o líder da banda Detonautas, em entrevista ao UOL. Ouça a música e confira a íntegra da letra aqui.

“Como a gente está num país democrático, você tentar de alguma forma intimidar, mesmo através de uma ação, um artista que fez um questionamento, que fez apenas uma pergunta, que não fez nenhuma afirmação e nem foi desrespeitoso, sinto como um flerte com uma atitude de censura, sim. É como se fosse um aviso”, completou.

“Diante dos fatos e da situação, estou muito tranquilo porque fui bastante cuidadoso, minha intenção foi somente levantar a pergunta”, explica o cantor. Para ele, “ela tem que exigir que seja resolvida essa situação, para deixar de ser o foco. Mas enquanto não se esclarece a situação, como pessoa pública, de alguma maneira, é alvo de questionamento”.

Na tarde de quinta-feira, Michelle também foi à polícia prestar depoimento sobre o caso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247