Lotação de leitos está acima de 90% em 10 capitais, sinalizando terceira onda da pandemia

As dez capitais são DF, Rio de Janeiro, Curitiba, Recife, São Luís, Natal, Maceió, Aracaju, Campo Grande e Palmas. Na terça-feira, 25, a taxa de contágio ultrapassou o teto de 1 em todas as regiões do país pela primeira vez em 57 dias

(Foto: REUTERS / Stephane Mahe)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O número de infectados por Covid-19 no Brasil não para de crescer e o nível de ocupação de leitos para pacientes já ultrapassa 90% das vagas em nove capitais brasileiras, além do Distrito Federal. Na semana passada, foram sete capitais que registraram ocupação acima de 90% nos leitos de UTI

As dez capitais são DF, Rio de Janeiro, Curitiba, Recife, São Luís, Natal, Maceió, Aracaju, Campo Grande e Palmas.

Nesta terça-feira, 25, a taxa de contágio ultrapassou o teto de 1 em todas as regiões do país pela primeira vez em 57 dias, segundo a plataforma Info Tracker, da Unesp e da USP. Isso significa que, em todas as regiões do País, cada doente pode infectar mais do que uma outra pessoa, sinalizando para uma "terceira onda'' da pandemia no Brasil.

Recentemente, o Brasil também registrou os primeiros casos de pessoas infectadas com a cepa indiana do novo coronavírus. O primeiro estado a registrar a mutação foi o Maranhão. No sábado, foi registrada no Rio. Nesta quarta-feira, 26, apareceu o primeiro caso em São Paulo, epicentro da pandemia no País.

A lotação de UTIs em São Paulo voltou a aumentar nesta semana, reforçando a previsão de que uma terceira onda de Covid-19 atingirá a maior cidade do país. O percentual de leitos ocupados em UTIs saltou de 76% na sexta, 21, para 82% na segunda, 24.

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email