Maranhão já tem seis casos da variante indiana da Covid-19

Cepa foi identificada em seis tripulantes do navio MV Shandong da Zhi, atracado no litoral do Maranhão

Coronavírus
Coronavírus (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A Secretaria de Saúde do estado do Maranhão confirmou nesta quinta-feira (20) , seis casos da variante indiana da Covid-19 em tripulantes à bordo de um navio atracado no litoral do estado. Seis dos 24 tripulantes do navio MV Shandong da Zh tiveram amostras genômicas positivas confirmadas para a cepa indiana e, por esse motivo, toda a tripulação encontra-se isolada. Ao todo 100 pessoas que tiveram contato com esses tripulantes serão testadas, acompanhadas e isoladas.

A variante está sendo classificada como uma preocupação global, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Por este motivo, no último dia 14 o governo brasileiro proibiu a entrada no país de estrangeiros de voos com origem da Índia, devido aos altos índices de mortalidade no país por Covid. 

Segundo reportagem do portal G1, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) teria sido informada pelo governo de Manaus,  que no último domingo(16), um indiano foi internado em um hospital da rede privada de São Luís com sintomas do novo coronavírus (Covid-19). O homem é tripulante do mesmo navio. 

PUBLICIDADE

Dentro do navio continuam 14 tripulantes com covid-19: Dois com sintomas leves e 12 assintomáticos. Outros nove não foram diagnosticados com a doença. 

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email