CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após ser criticado por Gilmar Mendes, Bretas autoriza devolução de R$ 120 milhões à União

O dinheiro recuperado na Lava Jato do Rio será depositado numa conta da Caixa Econômica Federal

Juiz Marcelo Bretas
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - O juiz da Lava Jato do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, autorizou a devolução à União de R$ 120 milhões “recuperados” pela operação. O dinheiro recuperado na Lava Jato do Rio será depositado numa conta da Caixa Econômica Federal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mais cedo, na Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes votou para tirar de Bretas a Operação E$quema S, na qual o juiz mandou bloquear R$ 784 milhões de advogados que teriam recebido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mendes votou nesta terça-feira, 27, para declarar a incompetência da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, que tem o juiz Marcelo Bretas como titular, para conduzir processo envolvendo a Fecomercio do Rio de Janeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DAS RECOMENDAÇÕES

Na volta do intervalo, o ministro Kássio Nunes Marques, indicado por Jair Bolsonaro, pediu vista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal Cortes 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE