As novas regras para SP e a ousadia dos caminhoneiros

A prefeitura tomou uma deciso para melhorar o trnsito; os sindicatos querem, de todas as formas, derrub-la; J no bastasse a greve em So Paulo, caminhoneiros ameaam fazer uma paralisao nacional; O Sindicato das Empresas de Transporte tenta desqualificar a deciso usando argumentos de que ruim trabalhar noite; parece at brincadeira, mas no !

As novas regras para SP e a ousadia dos caminhoneiros
As novas regras para SP e a ousadia dos caminhoneiros (Foto: NELSON ANTOINE/Agência Estado)

247 – A prefeitura tomou a decisão. O sindicato tenta, de todas as formas, enfraquecê-la até derrubá-la. Desde que o prefeito Gilberto Kassab impôs, no último dia 5, determinados horários e vias para os caminhões circularem na cidade, São Paulo tem assistido (e sido vítima) às inconsequências dos caminhoneiros que não aceitam as novas regras. A nova norma proíbe a circulação desses veículos durante a semana, das 5h às 9h e das 17h às 22h, e aos sábados, das 10h às 14h.

Já não bastasse a greve que teve início na segunda-feira e foi encerrada nesta quarta-feira (leia mais), que provocou graves problemas no abastecimento de combustível na cidade, causando a demora de até cinco dias (leia mais) para que todas as entregas voltem ao normal, os caminhoneiros estudam uma paralisação nacional, contra o que eles consideram “restrições exageradas e outros desmandos que afetam o transportador autônomo nas grandes cidades”. (leia mais).

Além disso, o Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região (SETCESP) pagou para publicar um anúncio na edição de ontem do jornal O Estado de S.Paulo a fim de tentar desqualificar a iniciativa da prefeitura.

Um dos erros da publicidade, porém, foi dizer que a prefeitura de São Paulo trata os caminhões como se fossem o único problema do trânsito na cidade. O que se quer com a nova medida é uma melhora nos congestionamentos da capital, cada vez mais caóticos, segundo nota divulgada pela prefeitura, em que é enfatizada a importância dos caminhoneiros para o abastecimento da cidade.

Como toda megalópole, a cidade de São Paulo precisa fazer escolhas e determinar normas de conviência para que todos os cidadãos vivam de forma melhor. As medidas tomadas são referentes à restrição dos caminhões durante os horários mais comprometidos com excesso de veículos. Com a nova decisão, a gestão de Gilberto Kassab tenta organizar os horários da frota e das entrega das mercadorias, que são gigantescas, concentrando-as no período noturno, que é, sem dúvida, a melhor opção, pois otimiza a eficiência do sistema viário e agiliza as entregas sem desgate ao trabalhador.

O que não se pode aceitar é o argumento do Sindicato de que é ruim trabalhar à noite. Afinal de contas, civilização carece de custos e boa vontade de todos. A cidade tenta fazer a sua parte, e esperamos que os caminhonheiros façam a deles.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247