Cacique xavante Domingos Mahoro morre em decorrência da Covid-19

Cacique era considerado uma das principais lideranças indígenas do Mato Grosso e faleceu após esperar três dias por uma vaga de UTI. Ele será enterrado na terra indígena Sangradouro, a 449 km de Cuiabá

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O cacique xavante Domingos Mahoro (60), uma das principais lideranças indígenas do Mato Grosso, faleceu nesta segunda-feira (6) em decorrência de complicações relacionadas ao novo coronavírus. Ele será enterrado na terra indígena Sangradouro, a 449 km de Cuiabá

Segundo reportagem do G1, Mahoro estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá, após aguardar três dias por uma vaga. O cacique faleceu no mesmo dia em que foi transferido. Antes de ser transferido, Mahoro estava internado desde o dia 25 do mês passado em um hospital particular de Primavera do Leste, a 239 km da capital.

Segundo o Ministério da Saúde, 102 indígenas da etnia xavante foram infectados pela Covid-19 no Mato Grosso, sendo que nove vieram a óbito

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email