Candidatos bolsonaristas aproveitam viagens custeadas pelo Senado para fazer campanha eleitoral

Senadores Luis Carlos Heinze e Jorginho Mello utilizaram viagens pagas com verbas da cota parlamentar para participarem de eventos de campanha no Rio Grande do Sul e Paraná

www.brasil247.com -
(Foto: Roque de Sá / Agência Senado)


247 - Os senadores bolsonaristas Luis Carlos Heinze (PP-RS) e Jorginho Mello (PL-SC) utilizaram viagens pagas com recursos da cota parlamentar para participar de eventos de campanha. De acordo com a Coluna do Estadão, do jornal do Estado de S. Paulo, Heinze viajou para o município gaúcho de Igrejinha no dia 1º de julho e aproveitou a ocasião para promover sua candidatura ao governo do Rio Grande do Sul. 

No dia 9 de julho, o senador Jorginho Mello - que disputa o governo catarinense - e diversos assessores se hospedaram em São Miguel do Oeste (SC) com as despesas custeadas pelo Senado. “Neste dia, o senador participou de ato do PL decorado com imagens da chapa eleitoral dele ao governo do Estado, junto com o ex-secretário nacional de Aquicultura e Pesca do governo Bolsonaro, Jorge Seif Junior (PL) que disputa o Senado, e o próprio Bolsonaro (PL).

Heinze também pediu e foi reembolsado em R$ 800 do Senado pela diária em um hotel na cidade de Cruz Alta (RS), onde ficou hospedado no dia 17 de julho e aproveitou a ocasião para fazer atos de campanha. “Obrigado a todos vocês que se mobilizaram a ouvir as nossas ideias (…) Trabalharemos por todos quando alcançarmos o Piratini”, postou o parlamentar nas redes sociais. 

Ainda conforme a reportagem, a assessoria de Jorginho Mello informou que viajou a São Miguel para cumprir agenda parlamentar e “que compareceu a diversos outros compromissos na ocasião”. Já a assessoria de  Luis Carlos Heinze destacou que, “apesar do evento partidário, o senador se reuniu com prefeitos e lideranças locais para acolher demandas e prestar contas de sua atividade parlamentar”.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email