Com João Santana preso, Dilma se aproxima de Renato Pereira

Presidente tem se aconselhado com o marqueteiro Renato Pereira, que já trabalhou com Aécio Neves e desde 2006 é responsável pelas vitoriosas campanhas do PMDB no Rio de Janeiro, segundo o colunista Lauro Jardim

Presidente tem se aconselhado com o marqueteiro Renato Pereira, que já trabalhou com Aécio Neves e desde 2006 é responsável pelas vitoriosas campanhas do PMDB no Rio de Janeiro, segundo o colunista Lauro Jardim
Presidente tem se aconselhado com o marqueteiro Renato Pereira, que já trabalhou com Aécio Neves e desde 2006 é responsável pelas vitoriosas campanhas do PMDB no Rio de Janeiro, segundo o colunista Lauro Jardim (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Com João Santana na cadeia em decorrência da Lava Jato, a presidente Dilma Rousseff tem se aconselhado com o marqueteiro Renato Pereira, segundo o colunista Lauro Jardim, do Globo.

Pereira já trabalhou com o senador tucano Aécio Neves, já esteve na linha de frente de vários adversários petistas e, desde 2006, é responsável pelas vitoriosas campanhas do PMDB no Rio de Janeiro. O publicitário foi apresentado a Dilma pelo governador, Luiz Fernando Pezão.

Desde então, Renato Pereira já conversou com a presidente Dilma uma vez e criou um vídeo da campanha do governo para as Olimpíadas, o que – coisa rara – teria recebido parabéns de Dilma, de acordo com o colunista.

Sua agência, a Prole, trabalhou duas vezes para Henrique Capriles, opositor do presidente venezuelano Nicolas Maduro, e criou a campanha "Não vou pagar o pato", para a Fiesp.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email