Datafolha: 49% acham que atendimento em saúde vai piorar com saída de cubanos do Mais Médicos

Profissionais deixaram o programa depois que Jair Bolsonaro, antes de tomar posse, impôs condições que não estavam no contrato fechado pelo governo brasileiro durante a gestão Dilma Rousseff

www.brasil247.com - Datafolha: 49% acham que atendimento em saúde vai piorar com saída de cubanos do Mais Médicos
Datafolha: 49% acham que atendimento em saúde vai piorar com saída de cubanos do Mais Médicos (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Segundo pesquisa Datafolha publicada nesta quinta-feira 3, para 49% dos brasileiros, o atendimento em saúde pública no país pode piorar após a saída de médicos cubanos do programa Mais Médicos, depois que Jair Bolsonaro impôs condições que não estavam no contrato dos profissionais pelo governo brasileiro durante a gestão Dilma Rousseff.

Outros 38%, de acordo com o levantamento, acham que a saúde pode melhorar após a saída dos cubanos, enquanto outros 8% avaliam que a saúde ficará igual. Já 5% não opinaram.

O Datafolha ouviu 2.077 pessoas em 130 municípios. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email