Doria faz acusações a Eduardo Leite e acirra guerra interna no PSDB

Ambiente entre os tucanos continua tenso com o fracasso das prévias

Eduardo Leite e João Doria
Eduardo Leite e João Doria (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini | GovSP)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O governador João Doria (SP) e seus aliados estão questionando as regras adotadas pelo partido que, em sua avaliação, beneficiaram o rival Eduardo Leite (RS). 

Para dirigentes da sigla, a acusação de Doria não se sustenta. No domingo (21), em entrevista à imprensa, Doria afirmou que a Faurgs, responsável pelo aplicativo da votação das prévias tucanas, tem sede em Pelotas, cidade onde Leite foi prefeito e vereador, insinuando que o governador gaúcho seria o responsável pelos problemas que resultaram na suspensão da votação. 

A crise interna do PSDB em torno das prévias para  escolha do candidato do partido à presidência da República está em escalada. Aliados de Eduardo Leite rebatem as acusações de Doria, que vão desde o uso de aplicativo em vez de urnas eletrônicas à contratação de uma fundação do Rio Grande do Sul para criar o aplicativo de votação, informa reportagem da Folha de S.Paulo.

PUBLICIDADE

No domingo (21), as prévias foram suspensas depois que a ferramenta, com 44,7 mil tucanos cadastrados, travou e apenas cerca de 3.000 conseguiram votar.

A Fundação de Apoio à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), responsável pelo app, divulgou nota, nesta quarta (24), afirmando considerar "muito plausível a ocorrência de um ataque de hackers".

PUBLICIDADE

As campanhas de Doria, Leite e Arthur Virgílio, ex-prefeito de Manaus e terceiro concorrente, agora pressionam pela conclusão do pleito, em meio a uma guerra de versões. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email