Governo Bolsonaro promete mais cortes nas áreas social, cultural e trabalhista em 2020

A agenda ultraliberal de Paulo Guedes pauta a gestão Bolsonaro. O Minha Casa Minha Vida, por exemplo, terá o menor volume de recursos da história e o Pronatec quase desaparece em 2020

Bolsonaro Pobreza
Bolsonaro Pobreza (Foto: ABR | Leopoldo Silva/Agência Senado/FotosPúblicas)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pressionado pela agenda ultraliberal do ministro da Econômia, Paulo Guedes, Bolsonaro oferta cortes em programas e ações do Orçamento de 2020 que não têm sido prioridade para o Executivo, na avaliação de especialistas.

Segundo reportagem do jornal Estado de S.Paulo, O Minha Casa Minha Vida, terá o menor volume de recursos da história. O Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) quase desaparece no próximo ano.

Além disso, acrescenta a reportagem,  o Bolsa Família tem futuro incerto. Nem mesmo a 13ª parcela, promessa de Bolsonaro, está garantida no Orçamento. O Fármacia Popular também não foi poupado.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247