Incêndio no Pantanal ameaça conservação de onças-pintadas

Empresários na área do turismo de conservação das onças-pintadas denunciam que animais estão sendo vítimas de incêndios que se alastram no Pantanal

Onça-pintada
Onça-pintada (Foto: REUTERS/Bruno Kelly)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O empresário de turismo Daniel Moura, dono de uma pousada em Porto Jofre, especializado no ramo de conservação de onças-pintadas, denunciou ao jornal Folha de S.Paulo que os animais estão correndo risco com as queimadas que atingem a região do Pantanal. 

Ao avistar a onça-pintada na beira do rio São Lourenço, na manhã deste domingo (13) soltou um pequeno grito de alívio, no ar sobrecarregado de fumaça: “Graças a Deus!”.

Na véspera, ele havia passado o dia inteiro no barco à procura de onças. Apenas uma apareceu, já no final da expedição, e caminhava mancando. “Antes do incêndio, a gente já via onça na primeira curva do rio”, compara.

A situação no local é desoladora. Até sábado (12), 67 mil dos 108 mil hectares do Parque Estadual Encontro das Águas já haviam queimado —62% do total, segundo números do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email