Irmã de milicianos assinava cheque em nome de Flávio Bolsonaro, diz revista

Reportagem da IstoÉ diz que Flávio Bolsonaro teve uma série de cheques de campanha assinados por Valdenice de Oliveira Meliga, irmã dos milicianos Alan e Alex Rodrigues Oliveira, presos na Operação Quarto Elemento

(Foto: Agência Senado | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Reportagem publicada pela revista IstoÉ que vai às bancas na próxima quinta-feira 27 aponta que irmã de milicianos administrava contas de campanha e chegava a assinar cheques em nome do hoje senador Flávio Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro. Ela foi tesoureira do PSL no Rio de Janeiro.

Segundo a matéria, Flávio teve uma série de cheques de campanha assinados por Valdenice de Oliveira Meliga, irmã dos milicianos Alan e Alex Rodrigues Oliveira, presos na Operação Quarto Elemento.

O texto diz ainda que Valdenice, como analista contábil, contratou empresa de funcionária do gabinete do então deputado estadual na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) para embolsar dinheiro do Fundo Eleitoral.

A IstoÉ publicou a imagem de dois cheques:

cheque

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email