Ivo Herzog declara voto em Haddad e diz que nunca foi petista

O engenheiro Ivo Herzog, filho do jornalista Vladimir Herzog, torturado e assassinado há 43 anos pela ditadura militar, afirmou estar transtornado com a situação do país; Ivo anunciou que votará no candidato Fernando Haddad; "Defendo o voto em Fernando Haddad no domingo. Eu sou petista? Não sou petista. Nunca fui", afirmou ao Tutaméia; "Há algumas a coisas que, para mim, são verdades absolutas: defender a vida, defender a liberdade, a diversidade, a democracia. Essas coisas estão numa caixinha que, para mim, são invioláveis"

Ivo Herzog declara voto em Haddad e diz que nunca foi petista
Ivo Herzog declara voto em Haddad e diz que nunca foi petista

247 - O engenheiro Ivo Herzog, filho do jornalista Vladimir Herzog, torturado e assassinado há 43 anos pela ditadura militar, afirmou estar transtornado com a situação do país. Em entrevista ao site Tutameia, Herzog disse que a situação de hoje é "pior do que tudo que a gente viu na nossa história democrática". "Ele, o Coiso, não tem uma postura democrática. Isso é inédito na história das eleições". 

Ivo anunciou que votará no candidato Fernando Haddad. "Defendo o voto em Fernando Haddad no domingo. Eu sou petista? Não sou petista. Nunca fui", afirmou. "Há algumas a coisas que, para mim, são verdades absolutas: defender a vida, defender a liberdade, a diversidade, a democracia. Essas coisas estão numa caixinha que, para mim, são invioláveis. Você pode ser de direita, de esquerda, de Plutão se você quiser, mas isso aqui tem que ser uma coisa comum", afirmou o filho mais velho de Vladimir Herzog.

"Aquele que não acredita nisso ou desrespeita esses elementos universais eu não quero que seja o pensamento predominante, não quero que seja o líder de nada, nem de um grêmio estudantil. É uma pessoa que tem problemas. Vai contra princípios religiosos, éticos, na dimensão que você quiser pegar: vida, justiça, democracia, liberdade, diversidade. Como alguém pode ser contra isso? Essa, para mim, é a eleição mais fácil de decidir em quem votar. Porque tem alguém que é absolutamente contra isso", acrescentou.

Leia a entrevista na íntegra no Tutaméia

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247