Juíza do Rio suspende direitos políticos de Lindbergh Farias

A juíza do Rio de Janeiro, Nathalia Calil Miguel Magluta, suspendeu os direitos políticos do ex-senador Lindbergh Farias (PT-RJ) por quatro anos; a decisão foi divulgada na noite de sexta-feira (16). Lindberg foi condenado em função de a prefeitura de Nova Iguaçu ter usado o símbolo da prefeitura de Nova Iguaçu - sic; a presidenta do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, comentou o absurdo em suas redes sociais: "o que nos sobra da Justiça? A complacência com Flavio Bolsonaro?"

Juíza do Rio suspende direitos políticos de Lindbergh Farias
Juíza do Rio suspende direitos políticos de Lindbergh Farias (Foto: Alessandro Dantas/PT)

247 - A juíza do Rio de Janeiro, Nathalia Calil Miguel Magluta, suspendeu os direitos políticos do ex-senador Lindbergh Farias (PT-RJ) por quatro anos. A decisão foi divulgada na noite de sexta-feira (16). Lindberg foi condenado em função de a prefeitura de Nova Iguaçu ter usado o símbolo da prefeitura de Nova Iguaçu - sic. A presidenta do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, comentou o absurdo em suas redes sociais: "o que nos sobra da Justiça? A complacência com Flavio Bolsonaro?"

A reportagem do site PT no Senado destaca que: "Lindbergh alega que o STF (Supremo Tribunal Federal) já o absolveu. 'A Justiça de primeiro grau de Nova Iguaçu me condenou pela utilização de uma logomarca – um sol estilizado, com a inscrição 'Prefeitura de Nova Iguaçu' – em embalagens de leite de um programa municipal, alegando que isso seria promoção pessoal. Essa mesma matéria já foi julgada em 2011, pelo STF, que decidiu pelo seu arquivamento, com 10 votos a favor, por entender não haver indícios para incriminar-me', disse o senador por meio de nota enviada pela sua assessoria de imprensa."

Veja o Twitter da deputada Gleisi Hoffmann: 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247