Manifestantes protestam contra Bolsonaro e jogam óleo em frente ao Planalto; houve prisões

Alguns manifestantes da ONG Greenpeace foram presos após uma ocupação na frente do Palácio do Planalto, onde encenaram a tragédia que ocorre no litoral brasileiro. Pelo menos 17 pessoas teriam sido detidas. Ação tem como objetivo denunciar a negligência do governo no combate ao derramamento de óleo na região litorânea do Nordeste

247 - Manifestantes da ONG Greenpeace ocuparam a frente do Palácio do Planalto nesta quarta-feira (23) e encenaram no local a tragédia que ocorre no litoral brasileiro. Alguns ativistas foram presos. O número de detenções teria chegado a pelo menos 17. 

Ação tem como objetivo denunciar a demora e irresponsabilidade do governo Bolsonaro para combater o derramamento de óleo na região litorânea do Nordeste, que já causa impactos ambientais e econômicos incalculáveis. 

O deputado Ivan Valente (PSOL-RJ) elogiou a ação: "Golaço do @GreenpeaceBR. Eles resolveram jogar óleo sujo na frente do Palácio do Planalto para denunciar a letargia do governo para lidar com a tragédia ambiental no litoral nordestino. Esse governo precisa ser mesmo desmascarado! #ForaSalles #MeioAmbiente"

Assista: 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247