MP vai investigar conduta de militares que imobilizaram mulher com criança no colo em Itabira

Informação foi dada por meio do Twitter neste domingo (7)

www.brasil247.com -
(Foto: Brasil 247)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) informou por meio do Twitter, neste domingo (7), que instaurou Procedimento Investigatório Criminal (PIC) para apurar a conduta de policiais militares que imobilizaram uma mulher com uma criança no colo em Itabira, Região Central do estado, na sexta-feira (5).Segundo o procurador-geral de Justiça, Jarbas Soares, o MP tem "o dever funcional de apurar as condutas dos militares que prenderam, de forma violenta, uma senhora com as crianças no colo", informa o G1.

O caso ganhou repercussão após o vídeo da abordagem viralizar nas redes sociais e causar revolta.

As imagens mostram uma mulher sendo imobilizada por um policial militar enquanto estava com uma criança no colo. Ele coloca o joelho no pescoço dela, que cai no chão com a criança ainda no colo.

PUBLICIDADE

O procedimento da PM foi semelhante ao do policial que assassinou George Floyd nos Estados Unidos. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email