‘Os mais pobres serão prejudicados’, diz Jaques Wagner sobre privatização da água

"A iniciativa privada só investe nos lugares com maior potencial de lucro e de retorno financeiro. Este modelo mira prioritariamente a rentabilidade e não tem nenhum compromisso com a universalização deste serviço essencial. Os mais pobres, mais uma vez, serão prejudicados", afirmou o senador

jacques wagner jaques
jacques wagner jaques (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Jaques Wagner (PT-BA) lamentou o resultado da votação que aprovou, por 65 votos a 13, o novo marco legal do saneamento que abre caminho para o domínio de empresas privadas no setor.

O senador afirmou que a história mostrará aos parlamentares que votaram a favor do projeto que "foram iludidos".

"Sem investimento público, não haverá água e saneamento  para os mais pobres, como nós provamos nos governos do @ptbrasil na Bahia e no Brasil", frisou.

E acrescenta: "A iniciativa privada só investe nos lugares com maior potencial de lucro e de retorno financeiro. Este modelo mira prioritariamente a rentabilidade e não tem nenhum compromisso com a universalização deste serviço essencial. Os mais pobres, mais uma vez, serão prejudicados".

 Confira o vídeo sobre a votação do Senado na TV 247


O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247