Para Bolsonaro, educação é disciplina e hierarquia

Presidente eleito dá sinais do que pode fazer com as escolas brasileiras: militarizar; nesta segunda-feira 17, após inauguração de um colégio militar no Rio de Janeiro, que recebeu nome em homenagem ao seu pai, Bolsonaro postou no Twitter: "Uma honra! Cada vez mais, escolas militares tornam-se referência de ensino, principalmente por prezarem pela disciplina e hierarquia"

Para Bolsonaro, educação é disciplina e hierarquia
Para Bolsonaro, educação é disciplina e hierarquia

247 - Além de querer proibir qualquer tipo de debate sobre gênero, violência sexual ou métodos contraceptivos em escolas do País - temas que são deturpados e repassados para a população como algo semelhante a "ensinar sexo para crianças", Jair Bolsonaro (PSL) deu sinais nesta segunda-feira 17 do que pode fazer ainda com a educação brasileira: militarizar.

Ele participou da cerimônia de inauguração do III Colégio da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro Percy Geraldo Bolsonaro, que recebeu esse nome em homenagem ao seu pai. No Twitter, Bolsonaro se disse honrado e declarou que, "cada vez mais, escolas militares tornam-se referência de ensino, principalmente por prezarem pela disciplina e hierarquia". 

Aparentemente, a educação, para Bolsonaro, se resume a disciplina e hierarquia, sem necessidade de debate, convivência com o contraditório e consciência política, como demonstra a proposta do chamado Escola sem Partido, que foi derrotado na Câmara dos Deputados na semana passada. O futuro ministro da Educação, o colombiano Ricardo Vélez Rodríguez, é um enfático defensor dessa tese.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247