PT se preocupa com segurança de suas lideranças

Uma das principais preocupações do PT após eleições tão polarizadas e violentas é a segurança de suas principais lideranças, informa a coluna da jornalista Mônica Bergamo no jornal Folha de S. Paulo; há o diagnóstico entre a cúpula do partido de que o clima acirrado perdurará por alguns meses; no horizonte do PT não está descartado um recuo estratégico das figuras mais importantes, com diminuição do tom e de postagens em redes sociais

PT se preocupa com segurança de suas lideranças
PT se preocupa com segurança de suas lideranças (Foto: Paulo Pinto/ Agência PT)

247Uma das principais preocupações do PT após eleições tão polarizadas e violentas é a segurança de suas principais lideranças, informa a coluna da jornalista Mônica Bergamo no jornal Folha de S. Paulo. Há o diagnóstico entre a cúpula do partido de que o clima acirrado perdurará por alguns meses. No horizonte do PT não está descartado um recuo estratégico das figuras mais importantes, com diminuição do tom e de postagens em redes sociais.

A coluna reitera: "dirigentes já conversavam na semana passada sobre a possibilidade de um recuo estratégico das figuras mais importantes da legenda nos próximos meses, baixando o tom de declarações e também de postagens na internet".

Segundo a apuração da coluna, "as atenções da imprensa, voltadas quase todas para a formação do novo governo, e a proximidade do fim de ano, com as festas de Natal e Réveillon, ajudariam no recuo temporário".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247