Santos Cruz: governo estará aberto para movimentos sociais

Depois de Jair Bolsonaro dar sinais de que pretende classificar MST e MTST como grupos terroristas, o ministro da Secretaria de Governo, general Santos Cruz, indicou que pretende dialogar com os movimentos sociais; "Estaremos sempre de portas abertas aos prefeitos, governadores, a todos movimentos sociais e organismos, independentemente de qualquer outra consideração", disse

Santos Cruz: governo estará aberto para movimentos sociais
Santos Cruz: governo estará aberto para movimentos sociais (Foto: Fabio Pozzebom - ABR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Karine Melo e Marcelo Brandão - Repórteres da Agência Brasil

O ministro da Secretaria de Governo, general Santos Cruz, indicou hoje (2) que pretende dialogar com os movimentos sociais, durante discurso na cerimônia de transmissão de cargo, ocorrida no Palácio do Planalto. Segundo ele, todos serão tratados com respeito, sem distinção.

"Estaremos sempre de portas abertas aos prefeitos, governadores, a todos movimentos sociais e organismos, independentemente de qualquer outra consideração", disse.

Santos Cruz afirmou que a secretaria continuará sendo a porta de entrada de relacionamento institucional da Presidência da República. Após a cerimônia, ele disse que "todo segmento da sociedade tem a porta aberta dentro da Secretaria de Governo".

A cerimônia de hoje no Planalto marcou a transmissão de cargos de quatro ministérios, todos lotados no palácio. Além de Santos Cruz, Augusto Heleno, no Gabinete de Segurança Institucional (GSI); Onyx Lorenzoni, na Casa Civil; e Gustavo Bebbiano, na Secretaria-Geral da Presidência.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247