Sargento preso com 37 kg de droga na Espanha recebe salário e verbas indenizatórias

O segundo sargento da FAB Manoel Silva Rodrigues, que foi preso na Espanha por tráfico de 37 kg de cocaína, no valor estimado de R$ 6,3 milhões, ainda recebe salário mensal bruto de R$ 8,1 mil, além de verbas indenizatórias

Manoel Silva Rodrigues; avão da FAB
Manoel Silva Rodrigues; avão da FAB (Foto: Reprodução | PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O segundo sargento da FAB (Força Aérea Brasileira) Manoel Silva Rodrigues, preso na Espanha há mais de um ano por tráfico de 37 kg de cocaína, segue na ativa da instituição e recebendo salário em dia. No Brasil, o militar é réu por tráfico de drogas com valor estimado em R$ 6,3 milhões de acordo com o Ministério Público Militar. A informação é do portal UOL. 

Consta no Portal da Transparência que Manoel, mesmo sem trabalhar desde junho de 2019, recebe R$ 8,1 mil brutos mensais, incluindo até verbas indenizatórias. Em novembro, o valor bruto ultrapassou R$ 14,5 mil, devido à gratificação natalina. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247