Comissão Nacional de Saúde da China reconhece relatório de pesquisa sobre origem do Covid-19

Segundo o vice-diretor da instituição, Zeng Yixin, o relatório de pesquisa conjunta sobre rastreamento da origem do novo coronavírus publicado pela OMS em março é muito valioso e confiável, e pode resistir ao teste da ciência e da história

(Foto: REUTERS/Denis Balibouse | REUTERS/Shannon Stapleton)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rádio Internacional da China - O vice-diretor da Comissão Nacional de Saúde da China, Zeng Yixin, disse nesta quinta-feira (22) que o relatório de pesquisa conjunta sobre rastreamento da origem do novo coronavírus publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no dia 30 de março deste ano é muito valioso e confiável, e pode resistir ao teste da ciência e da história.

De acordo com Zeng Yixin, no início deste ano, o grupo internacional de especialistas da OMS foram à China para pesquisar a origem do vírus. A China atendeu plenamente aos requisitos dos especialistas nas visitas aos hospitais, o mercado de frutos do mar e o Instituto de Virologia de Wuhan, assim como médicos, pesquisadores, chefes de mercado e lojas, residentes e pacientes recuperados.

O grupo de especialistas concluiu que os coronavírus mais intimamente relacionados ao novo coronavírus encontrado em morcegos e pangolins têm a maior homologia de sequência com Covid-19, mas estes vírus ainda não são suficientes para provar que são os ancestrais diretos do Covid-19. A pesquisa também aponta várias possíveis origens do vírus, mas concluiu que o vazamento de laboratórios é “extremamente impossível”.

PUBLICIDADE

Tradução: André Hu
Edição: Diego Goulart

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email