País tem quase 3 mil denúncias de fura-fila em três semanas de vacinação contra a Covid-19

De acordo com levantamento feito junto a Ministérios Públicos e às Ouvidorias Gerais dos estados, o número significa que uma em cada 1.341 doses aplicadas no País teria sido endereçada a alguma pessoa fora dos padrões de prioridade estabelecidos

País tenta avançar na imunização devido à transmissão da Covid-19 ainda fora de controle
País tenta avançar na imunização devido à transmissão da Covid-19 ainda fora de controle (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Brasil registrou 2.982 denúncias de possíveis casos de "fura-fila" da vacinação desde o dia 17 de janeiro, quando começou a imunização no Brasil. O número significa que uma em cada 1.341 doses aplicadas no País teria sido endereçada a alguma pessoa fora dos padrões de prioridade estabelecidos. 

O levantamento foi feito pelo jornal O Globo junto a Ministérios Públicos e às Ouvidorias Gerais dos estados.

As unidades federativas com mais relatos de infrações estão o Rio Grande do Norte (640), Minas Gerais (589) e Rio de Janeiro (413). 

"São mais de 2.500 pessoas que passaram à frente de outras 2.500 que poderão morrer da doença, em um ímpeto egoísta", observa o professor da Escola Paulista de Medicina da Unifesp Gabriel Maisonnave.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email