PF investiga venda de vacina falsa contra Covid-19 em Niterói

A denúncia foi enviada à PF pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a partir de uma denúncia recebida pelo órgão

Tubo de ensaio com o rótulo de vacina em frente a logo da AstraZeneca em foto de ilustração
Tubo de ensaio com o rótulo de vacina em frente a logo da AstraZeneca em foto de ilustração (Foto: REUTERS/Dado Ruvic)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia Federal investiga uma empresa que está divulgando uma vacina falsa contra a Covid-19 se aproveitando da pandemia de coronavírus para dar um golpe em Niterói, no Rio de Janeiro (RJ). Os agentes cumpriram nesta quinta-feira, 8, mandado de busca e apreensão contra a companhia que está vendendo a vacina falsa.

A denúncia foi enviada à PF pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a partir de uma denúncia recebida pelo órgão.

A "vacina” propagada é produzida pela Universidade de Oxford em parceria com a Astrazeneca, e há uma tabela de preços por lote das vacinas, com anúncio de que há “pedidos mínimos” de mil doses.

Em nota, a PF informou que “a empresa investigada não possui qualquer tipo de autorização ou de convênio com as autoridades sanitárias, ou com a empresa desenvolvedora da vacina para atuar no processo de desenvolvimento ou comercialização desta”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247