Sputnik V: Bahia assina acordo para testar vacina russa contra Covid-19

O governador da Bahia, Rui Costa, disse que "em breve" o estado deve receber 500 doses da vacina para testes

Amostras de vacina russa contra Covid-19
Amostras de vacina russa contra Covid-19 (Foto: Fundo de Investimento Direto Russo/Divulgação via REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse em evento no final da manhã desta quarta-feira (9) que avançou em tratativas com a Rússia na noite desta terça-feira (8) para a realização de testes da vacina para a Covid-19, Sputnik V, na Bahia. 

O acordo de confidencialidade assinado entre as partes faz com que todas as informações científicas da vacina contra a Covid-19 "Sputnik V" sejam repassadas para a Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico (Bahiafarma).

Caso a vacina seja aprovada, a Bahia será a revendedora do medicamento. Rui Costa disse que "em breve" o estado deve receber 500 doses da vacina para testes. O governador falou ainda que considera importante testar diferentes tipos de vacina.

O protocolo do governo russo será submetido ao comitê de ética do Instituto Couto Maia, em seguida ao Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (Conepe) e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email