Conde leva o Pocket Show da Resistência Democrática para o Rio

O músico, linguista, jornalista e editor do 247 Gustavo Conde leva o Pocket Show da Resistência Democrática, programa que apresenta na TV 247 ao lado de Leonardo Attuch, para o Rio de Janeiro, em um novo projeto de viajar o Brasil com a mensagem de que a música popular é um instrumento poderoso para reconquistar o processo democrático no país; Conde vai se apresentar no Cine Virtual, espaço cultural no Bairro da Lapa, neste sábado, 15, a partir das 19h

Conde leva o Pocket Show da Resistência Democrática para o Rio
Conde leva o Pocket Show da Resistência Democrática para o Rio

247 - O músico, linguista, jornalista e editor do 247 Gustavo Conde leva o Pocket Show da Resistência Democrática, programa que apresenta na TV 247 ao lado de Leonardo Attuch, para o Rio de Janeiro, em um novo projeto de viajar o Brasil com a mensagem de que a música popular é um instrumento poderoso para reconquistar o processo democrático no país. Conde vai se apresentar no Cine Virtual, espaço cultural no Bairro da Lapa, neste sábado, 15, a partir das 19h. 

Das canções que Gustavo Conde preparou para a apresentação no Rio, constam "O Bêbado e a Equilibrista", de João Bosco e Aldir Blanc, "Cálice" de Chico Buarque e Gilberto Gil, "Cajuína", de Caetano Veloso, "Comportamento Geral", de Gonzaguinha e outros clássicos da música popular brasileira. 

Sempre com o viés político no horizonte, Conde promete um show regado a papos e histórias, comentando fatos recentes do embate político que se desenrola no Brasil. 

O linguista também diz que vai usar a teoria da semiótica tensiva para desconstruir algumas letras de canções, de modo a dar o tom e o 'encaixe' para as associações possíveis com o mundo social e histórico do país. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247