Frota irá se retratar de ataques a Gilberto Gil e pagará indenização ao músico

O ator Alexandre Frota acusava Gilberto Gil de enriquecer com verbas da Lei Rouanet e escreveu que o cantor "não poderia mais roubar livremente recursos oriundos da Lei Rouanet" em 2017

Alexandre Frota e Gilberto Gil
Alexandre Frota e Gilberto Gil (Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados | Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Alexandre Frota, ator e ex-aliado de Jair Bolsonaro, vai se retratar na quinta-feira, 15, em suas redes sociais, dos ataques feitos ao compositor Gilberto Gil em 2017, segundo informações do blog de Lauro Jardim n’O Globo.

Na ocasião, Frota fazia campanha de sua candidatura a deputado federal com argumentos típicos dos bolsonaristas (época em que era aliado com o governo federal) contra a Lei Rouanet, que incentiva a produção cultural.

Pelo acordo judicial já assinado, além do pedido de desculpas, Frota terá que pagar a Gil uma indenização em dinheiro - originalmente de R$ 90 mil. O processo durou três anos. O acordo foi fechado depois de Frota ter sofrido duas derrotas na Justiça do Rio de Janeiro.

Ele acusava Gil de enriquecer com verbas da Lei Rouanet e escreveu que o cantor "não poderia mais roubar livremente recursos oriundos da Lei Rouanet".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247