Ícone da Bossa Nova e do cinema novo, músico Sérgio Ricardo falece no Rio aos 88 anos

Cantor e compositor Sérgio Ricardo estava internado no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e veio a óbito por insuficiência cardíaca

Cantor e compositor Sérgio Ricardo
Cantor e compositor Sérgio Ricardo (Foto: Reprodução/Instagram)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O cantor e compositor Sérgio Ricardo, considerado uma das figuras mais importantes na MPB na luta pelo retorno da democracia durante a ditadura militar, faleceu nesta quinta-feira (23), aos 88 anos. Ele estava internado no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e veio a óbito por insuficiência cardíaca. 

Sérgio, cujo nome de batismo era João Lutfi, estava internado há quatro meses e chegou a se contaminar pela Covid-19, mas se recuperou da doença. O músico, que tocou no famoso Festival da Bossa Nova do Carnegie Hall de 1962, em Nova York, também compôs a trilha sonora dos filmes Deus e o Diabo na Terra do Sol e de Terra em Transe, dirigidos por Glauber Rocha. 

O músico também produziu canções que marcaram a música brasileira como Zelão,  Folha de Papel, Esse Mundo é Meu, O Nosso Olhar, Enquanto a Tristeza não Vem, Barravento e A Fábrica, entre outras. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247