Patrícia Souza é a 1ª musa trans da Mangueira: 'Todos nós somos iguais'

Com 25 anos, Patrícia Souza é a primeira musa transexual da Estação Primeira de Mangueira. O herói da história é o carnavalesco Leandro Vieira. A escola não costuma aceitar nudez em seus desfiles e foi uma das últimas a permitir que mulheres tocasse na bateria; “Fui muito bem recebida e estou me sentindo honrada por ser a primeira musa trans da escola”, diz    

Patrícia Souza é a 1ª musa trans da Mangueira: 'Todos nós somos iguais'
Patrícia Souza é a 1ª musa trans da Mangueira: 'Todos nós somos iguais' (Foto: Divulgação/Diego Mendes)

247 - Com 25 anos, Patrícia Souza é a primeira musa transexual da Estação Primeira de Mangueira. O herói da história é o carnavalesco Leandro Vieira. A escola não costuma aceitar nudez em seus desfiles e foi uma das últimas a permitir que mulheres tocasse na bateria. A apresentação oficial na agremiação aconteceu no último sábado (25), no ensaio de quadra. 

“Sempre desfilei. Já saí na Tuiuti, na Portela, mas minha paixão é a Mangueira, onde já desfilei umas oito vezes”, diz. “Fui muito bem recebida e estou me sentindo honrada por ser a primeira musa trans da escola. Esse reconhecimento, por eu ser uma mulher transexual, mostra que as coisas podem ter um rumo diferente, onde todos nós somos iguais”, diz ela fazendo coro com o carnavalesco.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247