David Card, Joshua Angrist e Guido Imbens ganham Nobel de Economia 2021

David Card, Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens analisaram insights sobre o mercado de trabalho

Anúncio dos vencedores do Prêmio Nobel de Economia de 2021. 11/10/2021
Anúncio dos vencedores do Prêmio Nobel de Economia de 2021. 11/10/2021 (Foto: Claudio Bresciani/TT News Agency/via REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - David Card, Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens ganharam o prêmio Nobel de Economia 2021. Eles foram premiados nesta segunda-feira (11). Os estudiosos analisaram insights sobre o mercado de trabalho. Foram apresentadas causas e efeitos que podem ser tirados de situações da vida real. 

De acordo com a Real Academia de Ciências da Suécia, "os economistas revolucionaram a pesquisa empírica nas ciências sociais e melhoraram significativamente a capacidade da comunidade de pesquisa de responder a perguntas de grande importância". O relato foi publicado pelo portal G1

David Card ganhou o prêmio por suas contribuições empíricas para a economia do trabalho. Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens foram laureados por suas contribuições metodológicas para a análise das relações causais.

PUBLICIDADE

Segundo Peter Fredriksson, presidente do Comitê do Prêmio de Ciências Econômicas, "os estudos de Card sobre questões centrais para a sociedade e as contribuições metodológicas de Angrist e Imbens mostraram que experimentos naturais são uma rica fonte de conhecimento". "A pesquisa deles melhorou substancialmente nossa capacidade de responder às principais questões causais, o que foi de grande benefício para a sociedade", disse.

Os pesquisadores receberão um prêmio em dinheiro de 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,1 milhão). Metade vai para David Card e a outra metade para Joshua Angrist e Guido Imbens. A premiação é pelo estudo.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email