Dono da holding do Itaú ataca volta de Lula e pede terceira via em 2022

Alfredo Setubal afirma que o ex-presidente Lula foi "bom presidente", mas explicitou o desejo do capital financeiro por um nome mais alinhado a seus interesses

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Tayze/Comunicação Brisa Bracchi/Reprodução/Facebook)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – A posição predominante do capital financeiro para as eleições de 2022 foi explicitada pelo empresário Alfredo Setubal, presidente da Itaúsa, holding controladora do Itaú, em entrevista ao jornal O Globo, concedida a Rennan Setti e Mariana Barbosa. "O Lula foi um bom presidente. Seu primeiro mandato manteve a politica econômica bem apertada, a inflação baixa, o Brasil cresceu. Ele se beneficiou do boom das commodities, de condições favoráveis que se encerraram com a crise do Lehman Brothers", disse ele.

Setubal, no entanto, critica o segundo mandato e fala em "terceira via".  "Eu não acho que é um sentimento anti-Lula, eu acho que é um sentimento de mudança, esse modelo não está dando certo. Por isso que se fala da terceira via. Lula e Bolsonaro já passaram pelos governos. O Brasil precisa renovar", disse.

O empresário também disse que seu preferido é o tucano João Doria, do PSDB. "Pessoalmente, prefiro o (João) Dória. Ele tem se mostrado um grande gestor público, tem feito um governo excepcional, embora as pesquisas não deem a ele esse mérito. São Paulo vai crescer 8% este ano. No ano passado, o PIB do estado ficou estável. Eu não tenho todas as condições de julgar o Leite. É jovem, parece que faz um bom governo no Rio Grande do Sul, conseguiu fazer coisas que a Constituição Gaúcha proibia, privatizações. Mas moro em São Paulo e vejo o que acontece aqui", afirmou.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email