‘Fiesp virou partido político’, diz empresário representante das micro empresas

"Infelizmente, estamos vendo que [Fiesp] virou um partido político. Hoje é um braço de um partido na pessoa do seu presidente [Paulo Skaf] que é candidato e foi candidato várias vezes, e continua lá chancelando posições”, disse o presidente do Sindicato da Micro e Pequena Indústria de São Paulo (Simpi), Joseph Couri

(Foto: Reprodução/ Isac Nóbrega/PR/Flickr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em entrevista aos jornalistas Luís Costa Pinto e Eumano Silva, que vai ao ar neste sábado (10) na TV 247, o presidente do Sindicato da Micro e Pequena Indústria de São Paulo (Simpi), Joseph Couri, diz que a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, a Fiesp, virou partido político e que não queria estar no jantar de empresários que "ovacionaram" Bolsonaro.

Ao ser questionado se o governo quer ouvir os empresários das micro e pequenas empresas, ele disse que o governo jogou a pauta para um comitê temático que não pode discutir a questão tributária, novas soluções para os novos problemas. "Então, na verdade, ele (governo) não quer ouvir a solução do problema na micro e pequena empresa, porque ele dá ao Sebrae - que faz parte do sistema S o como porta-voz da micro e pequena empresa, quando na verdade não é", destacou Couri, lembrando que o Sebrae é apenas um órgão de apoio, e não de representação.

Em seguida, ele fala sobre o papel da Fiesp. "Infelizmente, estamos vendo que [Fiesp] virou um partido político. Hoje é um braço de um partido político na pessoa do seu presidente que é candidato e foi candidato várias vezes, e continua lá chancelando posições. E mais do que isso: se não chancelar, não governo e não haverá o repasse dos recursos públicos", afirmou o empresário, se referindo a Paulo Skaf, presidente da Fiesp, que foi candidato a governador por São Paulo pelo MDB..

Couri disse que diante desse cenários, muitos empresários têm recorrido às associações e outros movimentos, se fazendo representar direto. "Estamos vivendo a desestruturação das entidades que deveriam estar tendo uma papel essencial na defesa deles 

 Assista a entrevista completa na TV 247:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email