Fim do ano terá inflação mais baixa e menor crescimento do PIB

Economistas de instituições financeiras consultados pelo Banco Central reduziram a projeção de inflação no final de 2018 e diminuíram a expectativa de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto); para a inflação, a meta em 2018 é manter a taxa em 4,5% ao ano, mas há uma tolerância de 1,5 ponto para cima e para baixo, ou seja, pode variar entre 3% e 6%

Fim do ano terá inflação mais baixa e menor crescimento do PIB
Fim do ano terá inflação mais baixa e menor crescimento do PIB

247 - Economistas de instituições financeiras consultados pelo Banco Central reduziram a projeção de inflação no final de 2018 e diminuíram a expectativa de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto).

A projeção para a cotação do dólar subiu. Veja as previsões desta semana do Boletim Focus para 2018 divulgadas nesta segunda-feira (10) pelo Banco Central: Inflação: caiu de 3,89% para 3,71%; PIB: caiu de 1,32% para 1,30%; Dólar:subiu de R$ 3,75 para R$ 3,78; Taxa de juros: mantida em 6,5% ao ano.

Em outubro, o Banco Central manteve a taxa básica de juros em 6,5% ao ano. Para a inflação, a meta em 2018 é manter a taxa em 4,5% ao ano, mas há uma tolerância de 1,5 ponto para cima e para baixo, ou seja, pode variar entre 3% e 6%

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247