Havan desiste de lançar ações após avaliação negativa de investidores

Polêmicas de Luciano Hang e deficiências na sua operação levaram ao cancelamento da abertura de capital do empresário símbolo do bolsonarismo

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Envolvido em polêmicas e símbolo do empresário bolsonarista, o empresário Luciano Hang decidiu suspender a abertura de capital na B3 (Bolsa de Valores brasileira). A empresa pretendia fazer sua estreia avaliada em 70 bilhões de reais, mas o mercado só estava disposto a pagar entre 50 bilhões de reais e 60 bilhões de reais.

A oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) da Havan foi avaliada com potencial de chegar em R$ 100 bilhões por pessoas próximas à empresa. Isso equivaleria a um múltiplo de 130 vezes o lucro líquido de 756 milhões de reais registrado em 2019. 

Além do desempenho da empresa estar pior este ano com a pandemia, Hang também se envolveu em diversas polêmicas do governo de Jair Bolsonaro. Ele ainda é investigado pela Justiça pelo disparo ilegal de “fake news” durante as eleições de 2018 e alvo do Ministério do Trabalho por tentativa de coação dos funcionários durante esse período.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247