Ministro recua e diz que privatizar a Petrobras está 'fora de cogitação'

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, recuou da declaração que deu durante entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, quando disse que uma eventual privatização da Petrobras poderia ser "um caminho" no futuro; segundo ele, o governo Michel Temer não está tratando de uma eventual privatização da Petrobras, e o assunto está "fora de cogitação"

Brasília - O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, durante audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Brasília - O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, durante audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado. (Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O governo do presidente Michel Temer não está tratando de uma eventual privatização da Petrobras, e o assunto estaria "fora de cogitação", disse nesta terça-feira o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.

"Não estamos tratando disso, estamos tratando de Eletrobras", afirmou ele a jornalistas em Brasília, reconhecendo que um debate sobre esse assunto poderia ser iniciado no futuro, mas não no atual governo.

Na noite de segunda-feira, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, o ministro indicou que uma eventual privatização da Petrobras poderia ser "um caminho" no futuro.

Por Leonardo Goy

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247