Petrobrás e Odebrecht devem fechar acordo para venda da Braskem em seis meses

Novo acordo, em que ações preferenciais seriam convertidas em ações com direito a voto permitiria à Petrobras vender sua participação na Braskem

(Foto: Divulgaçõ/Braskem)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sabrina Valle, Reuters - A Petrobras espera chegar a um entendimento dentro de seis meses com a Odebrecht sobre um novo acordo de acionistas para a petroquímica Braskem, na qual ambas empresas são sócias, informou o CEO Roberto Castello Branco durante evento online nesta segunda-feira.

O novo acordo, em que ações preferenciais seriam convertidas em ações com direito a voto, permitiria à Petrobras vender sua participação na Braskem em uma transação no mercado de capitais, disse ele.

Já a fatia remanescente da Petrobras na BR Distribuidora está pronta para ser vendida, mas a estatal aguarda o melhor momento para ir adiante com a operação.

“As condições de mercado atuais não são favoráveis para uma operação de follow on,” disse Castello Branco.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email