TAM e Gol, duas das companhias menos seguras do mundo

Ranking da consultoria alemã Jet Airliner Crash Data Evaluation Center (Jacdec), que leva em conta acidentes aéreos ocorridos desde 1983, aponta companhias brasileiras entre as quatro menos seguras do mundo. Associação diz que o levantamento não reflete a situação atual de segurança das companhias

TAM e Gol, duas das companhias menos seguras do mundo
TAM e Gol, duas das companhias menos seguras do mundo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - TAM e Gol estão entre as quatro companhias aéreas menos seguras do mundo, segundo ranking da consultoria alemã Jet Airliner Crash Data Evaluation Center (Jacdec). A lista leva em conta as 60 maiores empresas de aviação civil e se ocupa considera os acidentes aéreos ocorridos desde 1983. Contam também a quilometragem já voada, passageiros que viajaram com a companhia e o número de mortes.

Ficam de fora apenas os acidentes em que a companhia aérea não teve responsabilidade, como no caso do voo da Gol de Manaus a Brasília que se chocou, em 2006, com um jato executivo Embraer Legacy 600, num acidente que matou 154 pessoas. Em nota, a a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que representa as empresas, disse que o levantamento não reflete a situação atual de segurança das companhias aéreas.

"Esta entidade faz um levantamento do histórico de acidentes, considerando também o número de fatalidades envolvidas, e este índice realmente não avalia o nível atual de segurança de uma empresa aérea", diz, em nota, o diretor de Segurança e Operações de Voos da entidade, Ronaldo Jenkins. "O padrão utilizado não traduz a situação de segurança ou insegurança de uma empresa", completa.

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email