Tubaínas podem ter feito dossiê contra Denucci

Governo investiga quem estaria por trs das denncias de corrupo que derrubaram o ex-presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci. A Afrebrs uma das suspeitas por sua oposio obrigatoriedade do Sicobe, sistema de controle de produo bebidas gerenciado pelo rgo

Tubaínas podem ter feito dossiê contra Denucci
Tubaínas podem ter feito dossiê contra Denucci (Foto: Divulgação)

247 - Por pressão do ministro Guido Mantega (Fazenda), a investigação das denúncias de corrupção que derrubaram o ex-presidente da Casa da Moeda Luiz Felipe Denucci também tenta identificar a autoria dos dossiês que levaram a Receita Federal e a Polícia Federal a entrar no caso. O governo acha que entidades como a Afrebrás, uma associação de fabricantes de “tubaínas”, poderiam estar por trás das denúncias. Afrebrás se opõe à obrigatoriedade do Sicobe, um complexo sistema de controle de produção bebidas gerenciado pela Casa da Moeda. As informações são do blogueiro Claudio Humberto.

Senadores da oposição, liderados por Demóstenes Torres (DEM-GO), encaminharam nesta terça (14) ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, uma representação contra o ministro Guido Mantega (Fazenda) citando "indícios da prática de atos de improbidade administrativa". O documento é também assinado por Alvaro Dias (PSDB-PR), Aloysio Nunes (PSDB-SP), Pedro Taques (PDT-MT), Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) e Randolph Rodrigues (PSOL-AP).

A representação afirma que Guido Mantega, inicialmente "sabia das acusações contra o chefe da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci, ou seja, mesmo após ter sido alertado oficialmente de que ele estava sendo investigado pela Receita e pela Polícia Federal por e, logo, que existiam robustos indícios de corrupção, o ministro manteve Denucci no comando da Casa da Moeda, com isso dando causa à continuidade dos atos lesivos ao interesse público".

Se confirmadas as suspeitas, os senadores pedem que sejam aplicadas ao ministro as penas da lei, entre as quais, se encontra a perda da função pública.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247