Santos adia decisão sobre rescindir contrato de Robinho

O assunto foi retirado da pauta, atendendo a pedido de Orlando Rollo, presidente em exercício da equipe

Robinho
Robinho (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A reunião do Conselho Deliberativo do Santos, realizada na noite desta quarta-feira, tomou uma série de decisões importantes sobre o futuro do clube, mas adiou a mais esperada: a decisão sobre o contrato de Robinho. O assunto foi retirado da pauta, por orientação de Orlando Rollo, presidente do clube. A inforação é do jornal Estado de S.Paulo. 

Rollo disse nesta quarta-feira que o contrato com o jogador será rescindido se houver nova condenação. 

Robinho foi anunciado como reforço pelo Santos em 10 de outubro, com vínculo por cinco meses e salário de R$ 1.500, além de bônus de R$ 300 mil de acordo com o número de jogos disputados. Porém, a condenação do atacante por estupro coletivo na Itália e a divulgação de diálogos interceptados, com forte grau de violência sobre o caso, provocaram forte repercussão negativa do caso. E o clube optou por suspender o contrato do jogador.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247